‘Espetáculo macabro’, diz porta-voz da REDE em MS sobre a corrupção no país

Partido quer Marina Silva na disputa em 2018

Durante a convenção estadual da REDE Sustentabilidade, a porta-voz do partido em Mato Grosso do Sul, a advogada e professora universitária Tatiana Ujacow, destacou que a corrupção, e o combate a esse mal que assola o país, deve ser o diferencial nas eleições do próximo ano.

“A corrupção é um espetáculo macabro que está acabando com o país. O assunto está incomodando profundamente a população”, frisou Tatiana.‘Espetáculo macabro’, diz porta-voz da REDE em MS sobre a corrupção no país

Para a advogada, é preciso uma ressignificação na política, uma vez que diariamente a sociedade é surpreendida por novos casos de corrupção e, mais recentemente, com projetos que visam retirada de direitos dos trabalhadores.

A REDE, disse a porta-voz da sigla, difere dos demais partidos brasileiros porque tem ‘data de validade’. Quando completar 10 anos de existência, a legenda vai reunir todos os filiados para definir novos rumos, que serão postos com ‘diálogo e consenso coletivo’, valorizando temas como a sustentabilidade, combate à corrupção e a participação feminina na política.

A grande aposta do partido para se tornar protagonista na política nacional é a ex-senadora Marina Silva, presidenciável da sigla para 2018. Para Tatiana, a colega, que já disputou a eleição de Presidente da República em 2014, é a personificação de quem pode ressignificar a política no Brasil, devido à sua ‘capacidade, inteligência e ética’.

‘Espetáculo macabro’, diz porta-voz da REDE em MS sobre a corrupção no país
Mais notícias