Política

Após oito dias internado, morre aos 74 anos o advogado Ricardo Trad

Motivo foi aneurisma na aorta abdominal

Jessica Benitez Publicado em 31/01/2017, às 21h19

None
ricardotrad.jpg

Motivo foi aneurisma na aorta abdominal

O advogado Ricardo Trad morreu na tarde desta terça-feira (31) no Proncor, em Campo Grande. Ele estava internado desde o último dia 24 devido a aneurisma na aorta abdominal, chegou a passar por cirurgia, mas seu estado de saúde não apresentou melhora.

Ainda nesta tarde, o filho do advogado, José Belga Trad, havia dito que a família e amigos acompanhavam o quadro clínico com “fé e esperança”. Campanha na internet foi feita para que doadores fossem ao Hemosul (Centro de Hematologia e Hemoterapia de Mato Grosso do Sul) doar sangue para ele.

Até então a informação era de que o estado de saúde era estável. Ricardo, que tinha 74 anos, era criminalista renomado em Mato Grosso do Sul. 

Homenagens

Casado com Tânia Assis Trad, tiveram cinco filhos: Ricardo Trad Filho, José Belga Assis Trad, Assaf Trad Neto, Giovanna Trad Albuquerque e Isabella Trad.

No Facebook, amigos, políticos, familiares e colegas de rede social prestam homenagens ao advogado.  Formado em Direito no Rio de Janeiro em 1968, Ricardo Trad iniciou carreira na capital fluminense. Fez estágio no Segundo Tribunal do Júri, onde deu seus primeiros passos na área criminal.

Filho do ex-cônsul do Líbano no Estado, Assaf Trad, que batiza uma Avenida em Campo Grande, ele era irmão do falecido deputado federal Nelson Trad, e tio do prefeito de Campo Grande Marquinhos Trad (PSD). 

O velório ocorre neste momento no Tribunal do Júri do Fórum de Campo Grandee o horário do sepultamento no cemitério Parque das Primaveras ainda será definido, de acordo com familiares. (Matéria alterada para acréscimo de informações).

Jornal Midiamax