Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Rede substitui candidato a vice-prefeito na chapa de Marcelo Bluma

Ambas siglas irão oficializar a mudança

 A Rede Sustentabilidade substituiu o candidato a vice na coligação com o PV. No lugar de Roberto Oshiro, entra o advogado Fábio Lechuga. Oshiro era pré-candidato a prefeito e foi confirmado vice na aliança com o PV, que definiu Marcelo Bluma (PV) como candidato a prefeito. Oshiro recuou nesta quarta-feira (10).

Segundo o vereador Eduardo Romero (Rede), nessa quarta-feira Roberto Oshiro informou ao partido de sua desistência. “Como já havíamos divulgado, tínhamos dois pré-candidatos a prefeito e depois fechamos com o PV e definimos pelo Oshiro ser o vice de Bluma, mas por uma decisão pessoal dele, decidiu não mais participar do pleito e nós respeitamos. Dessa forma, nosso nome pra vice com Bluma será o Fábio Lechuga”.

O parlamentar ainda destacou que será oficializado em breve o nome de Lechuga juntamente com Bluma. O candidato a prefeito pelo PV disse que a troca não muda em nada a aliança das siglas. 

A aliança entre PV e Rede foi firmada oficialmente na última sexta-feira, final do prazo das convenções, depois de longa negociação. A chapa conta com 44 nomes para disputar vaga de vereador da Capital, sendo 13 mulheres.

O vice
Fábio Lechuga é advogado há mais de 10 anos. Tem 36 anos, é casado e tem dois filhos. Profissionalmente atua nas áreas do direito civil, criminal e trabalhista.  Foi líder estudantil e fundador da Associação dos Bachareis em Direito.

Com grande atuação em obras sociais, especialmente com comunidades carentes, que ele prefere não nominar baseado no princípio de ajudar ao próximo sem alardes, Lechuga tem como uma das bandeiras a responsabilidade e a união de forças pelo bem coletivo.

No campo político, Fábio Lechuga é da Rede Sustentabilidade desde as mobilizações locais e nacionais para fundar o partido, que teve sua inscrição aceita em setembro do ano passado.

Antes de se filiar à Rede, Fábio Lechuga compunha o quadro de filiados do PSB. Ele explica que sua ida para o PSB foi devido à ida de Marina Silva para a sigla partidária para concorrer à presidência da República, porque a Rede ainda não havia sido naquele momento registrada como partido político. Assim que a Rede foi reconhecida como partido, Lechuga se filiou.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...