MS é um dos 19 estados que participam do ‘Congresso Brasil Competitivo’

Evento acontece em SP nesta quarta-feira

O secretário da Segov (Secretaria de Estado de governo e Gestão Estratégica) de Mato Grosso do Sul, , irá participar nesta quarta, como representante do Estado, do encontro que irá discutir a reforma do Estado brasileiro. MS e mais 18 querem propor à União o Pacto pela Reforma do Estado e participam do Congresso Brasil competitivo.

O grupo formado por 19 estados se juntaram em parceria com Movimento Brasil Competitivo (MBC) para propor à União o Pacto pela Reforma do Estado. O acordo será tema do ‘Congresso Brasil Competitivo – Rota para o futuro: o novo Estado’, evento que acontece nesta quarta-feira (21), no Hotel Unique, em São Paulo.

O evento terá a presença do ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, e do presidente do Conselho do MBC, Jorge Gerdau Johannpeter. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, o diretor do Banco Mundial, Martin Raiser, e o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, são algumas das lideranças que também estarão no Congresso.

O Pacto pela Reforma do Estado foi criado em setembro do ano passado, em São Paulo, e também é formado por representantes do setor empresarial. Os integrantes definiram cinco áreas prioritárias de ação que são planejamento, orçamento e governança para resultados; pessoas e força de trabalho; receitas e gastos públicos; contratos e aquisições; instituições e accountability.

No mês passado, o MBC entregou a Padilha as mudanças estruturais propostas pelo Pacto, com objetivo da construção de um Estado mais eficiente. “A gestão pública carece de revisão profunda em suas estruturas. O modelo de gestão pública aplicado no Brasil está falido e não atende mais as necessidades básicas da sociedade, que cobra mudanças”, avalia o secretário Riedel.

A programação do Congresso é formada por três painéis: “Brasil Digital: como avançar na digitalização da economia”, com participação de Temer e Johannpeter; “A Retomada do crescimento: agenda legislativa e reforma do estado” e “Desafios da Gestão Estadual”. Os debates têm foco na melhoria da oferta de serviços prestados à população, considerando o Estado como indutor e facilitador do desenvolvimento e da competitividade.

 

MS é um dos 19 estados que participam do 'Congresso Brasil Competitivo'
Mais notícias