Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Arrastão no centro: 10 lojas foram alvos de tentativa de arrombamento na Capital

Comerciantes pedem mais segurança

Na madrugada desta quinta-feira (24), dez estabelecimentos comerciais foram alvos de tentativa de arrombamentos na Rua Sete de Setembro, região Central de Campo Grande. Loja de tecido, gráfica, loja de esportes, livraria e restaurante estão entre as vítimas dos bandidos.

Gilson Flores, 44 anos, é comerciante na região há 15 anos e há cinco tem um comércio na Rua 7 de Setembro. Ao chegar para trabalhar notou que a porta de ferro de seu comércio estava travando para abrir. “Ela estava travando na hora de subir, foi quando percebi que estava amassada”.

Pego de surpresa, Douglas Batista, 42 anos, contou que a porta de sua livraria foi amassada, mas ninguém chegou a entrar.  Ele diz que no ano passado a Polícia Militar chegou a fazer rondas pela região, o que resultou na diminuição de furtos e tentativas de furtos. “Acontece frequentemente, pedimos o apoio da Polícia, sabemos que eles estão fazendo a parte deles, mas precisamos de um reforço na segurança”, garante.

Foto: Mariana Rodrigues

Uma comerciante de 48 anos, que preferiu não se identificar, contou que de 31 de dezembro a 7 de janeiro, já foi vítima dos bandidos quatro vezes. Nesta quinta-feira tentam entrar novamente em seu restaurante, mas não conseguiram.

“Já levaram quatro aparelhos de televisão, mercadorias, refrigerantes. Eles entraram pelo banheiro na primeira vez, quebraram todo o telhado e forro e nas últimas vezes arrombaram as portas com barras de ferro”. Para ela o maior problema é a falta de segurança e o esquecimento da rua por parte da polícia. “Estou há 12 anos trabalhando aqui (na 7 de Setembro) e sempre foi assim, já pensei em fechar, mudar de local, estou com medo, estamos esquecidos pela Polícia”, desabafa.

Só nesta madrugada sete lojas entre as Ruas 13 de Julho e Rui Barbosa tiveram suas portas danificadas. Outros três comércios entre as Ruas 13 e 14 de Julho foram alvos de tentativa de arrombamento.

Dois estabelecimentos foram arrombados, sendo uma loja de tecidos, que levaram algumas moedas do caixa e balas e uma loja de suplementos, que foi levada a caixa registradora, nesta última o autor foi localizado e preso.

O que diz a PM

De acordo com o capitão do Primeiro Batalhão da Polícia Militar, Edcezar Zeilinger, estas ações são sazonais e se dá baseada na vinda de novos moradores de rua, ou quando são presos e saem da prisão e voltam a praticar roubos e furtos.

Zeilinger explica que a Polícia avalia os pontos críticos através de estatísticas e depois executam as ações para aumentar o efetivo nessas áreas. “Havia períodos que nas proximidades da Barão (do Rio Branco) era mais crítico, depois eles migraram para Rui Barbosa e agora chegaram na Sete de Setembro”.

Sobre as tentativas de arrombamento registradas hoje pela manhã, o capitão disse que o policiamento já foi intensificado na região, pela quantidade de lojas ele também não descarta que mais pessoas estejam envolvidas.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...