Polícia / Trânsito

Jovem de 20 anos morre em Campo Grande ao ser atropelada quando voltava de pedalada

Na noite de quarta-feira (10), Emanuelle Aleixo Gorski, de 20 anos, morreu após ser atropelada no cruzamento da Avenida Hiroshima com a Avenida Mato Grosso. Ela tinha saído para pedalar com uma amiga nos altos da Avenida Afonso Pena e o acidente aconteceu quando ela voltava para casa. Conforme as primeiras informações, Emanuelle chegou a […]

Renata Portela Publicado em 11/03/2021, às 12h57 - Atualizado às 18h36

Emanuelle foi vítima de atropelamento (Reprodução, Instagram)
Emanuelle foi vítima de atropelamento (Reprodução, Instagram) - Emanuelle foi vítima de atropelamento (Reprodução, Instagram)

Na noite de quarta-feira (10), Emanuelle Aleixo Gorski, de 20 anos, morreu após ser atropelada no cruzamento da Avenida Hiroshima com a Avenida Mato Grosso. Ela tinha saído para pedalar com uma amiga nos altos da Avenida Afonso Pena e o acidente aconteceu quando ela voltava para casa.

Conforme as primeiras informações, Emanuelle chegou a ser socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhada para a Santa Casa. No entanto, ela não resistiu aos ferimentos graves e morreu momentos após dar entrada.

O pai da vítima procurou a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro e registrou boletim de ocorrência, relatando o ocorrido. Ele soube que a filha tinha sido socorrida e levado para a Santa Casa, mas que não resistiu, mas não sabia da dinâmica do acidente.

A Polícia Civil fez buscas por boletim de ocorrência do acidente, que não foi encontrado. A princípio a Polícia de Trânsito não foi acionada para o acidente. Segundo testemunhas o carro envolvido no atropelamento seria uma S10 branca, mas o caso será investigado.

Conforme a assessoria da Santa Casa, a Emanuelle deu entrada às 21h46, encaminhada pelo Samu, sedada, intubada e gravíssima. Ela ficou em atendimento na área vermelha do pronto-socorro, teve parada cardiorrespiratória e não resistiu. O óbito foi constatado às 22h50 e o corpo encaminhado ao Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal).

Momentos antes do acidente, a jovem chegou a publicar no Instagram que estava na Cidade do Natal, com uma amiga com quem tinha pedalado. Essa amiga que estava no momento do acidente teria identificado o filho do motorista da camionete que a atropelou.

Acadêmica de Direito da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), Emanuelle foi homenageada pela coordenadora de curso, na página do Facebook da instituição.

“Hoje nosso coração partiu com a morte da nossa Estudante Emanuelle Aleixo Gorski. Estudava no 4A matutino e sua alegria deixará saudades entre nós, família UCDB. Lamentamos o ocorrido e sofremos junto com a família! Deus conforte-nos e dê muita força para todos seguirmos rezando por Vc Emanuelle! Descanse em PAZ!  (Informo que foi acidente com bicicleta… ela não resistiu!)”

*Matéria editada às 13h55 para acréscimo de informações

Jornal Midiamax