Acidente ‘falso’ com vazamento de gás assustou quem passava pelo centro de Campo Grande

Simulação envolveu 14 bombeiros, Samu e Defesa Civil

Uma simulação de acidente na região central de Campo Grande, na manhã desta quinta-feira (13) parou o trânsito na rua José Bacha com a rua 7 de Setembro, próximo ao Mercadão Municipal. 14 bombeiros participaram da simulação.

A simulação seria para ver se um acidente que tivesse vazamento de gás seria contido com rapidez. Toda a ação foi planejada e desenvolvida pela MS Gás, com o Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Foram deslocados para a região 14 bombeiros, seis viaturas militares e uma ambulância do Samu.

O acidente teria acontecido quando um veículo Volkswagen Polo onde estavam três mulheres não teria visto uma retroescavadeira colidindo e capotando na rua. Em seguida a batida a retroescavadeira teria acertado uma tubulação de gás, que passou a vazar.

Um funcionário da MS Gás, que não sabia que o acidente era uma simulação, foi até o local e acionou o Corpo de Bombeiros e Samu. Todos os outros envolvidos sabiam da simulação. As vítimas ficaram presas nas ferragens e foram retiradas com auxílio de um desencarcerador. Todas as vítimas foram levadas para unidades de saúde da Capital.

A simulação atraiu muitos curiosos que pensavam se tratar de um acidente real. Participaram cerca de 80 pessoas entre bombeiros, vítima, socorristas, organizadores da simulação que envolveu Semadur, Defesa Civil, Agetran e Polícia Militar. A simulação acontece a cada dois anos, e segundo Gustavo Carvalho assessor de gerenciamento de riscos da MS Gás, “tudo é feito para dar maior segurança à população. Toda a ação de hoje será analisada depois para ver erros e acertos”, finalizou.

Mais notícias