Motorista da carreta que matou mulher na BR-163 chamou a polícia e fugiu

Depois da batida, moto foi arrastada por quase 300 metros

A motocicleta em que estavam as duas irmãs Ana Lúcia Alves de Souza e Annalise, 23 e 19 anos, foi arrastada por 261 metros. O acidente que aconteceu na noite desta terça-feira (20),  na BR-163, provocou a morte de uma pessoa e deixou outra ferida.

Segundo informações da PRF (Polícia Rodoviária Federal),  motorista da carreta assim que percebeu o acidente parou o veículo e acionou o socorro, saindo em seguida no local por medo de represálias.

O condutor entretanto, teria  informado aos socorristas do Samu, que irá se apresentar na Delegacia de Polícia Civil, para prestar esclarecimentos. A PRF e CCR Via, empresa que administra a rodovia, além do Samu, estiveram no local prestando atendimento às vítimas. As circunstâncias do acidente serão apuradas pela perícia.

Ana Lúcia, que pilotava a moto com placas de Dourados,  morreu no local. Ela morava na Vila Cachoeirinha e Annalise, sua irmã, é residente no Parque das Nações 2,  foi socorrida e levada ao hospital.

Motorista da carreta que matou mulher na BR-163 chamou a polícia e fugiu
Mais notícias