Motociclista morre ao colidir contra poste na Avenida João Arinos

Motociclista teria se distraído em uma curva no local

Anderson da Silva Barbosa, 43, morreu em um acidente na Avenida João Arinos, nas proximidades do Bairro Tiradentes em Campo Grande no início da noite desta sexta-feira (24). A vítima transitava em uma Yamaha Factor, no sentido Centro – bairro quando bateu contra o meio fio em uma curva da avenida e perdeu o controle da moto.

Moto Yamaha Factor (Foto: Leonardo de França)

Uma testemunha que prefere não se identificar, disse que o motociclista estava na faixa da esquerda e cumprimentou um motorista de um WV Voyage que estava na faixa ao lado.

Neste momento, Anderson, teria se distraído, possivelmente olhando ao lado, quando não realizou o traçado da curva que é aberta. Com isso, o pneu dianteiro da moto bateu contra o meio fio e Anderson foi lançado. Ele bateu o tórax contra um poste de iluminação que fica no canteiro, próximo da via. A vítima então já caiu desacordada com parte do corpo na pista, meio fio e canteiro. 

“Se eu não parasse iam passar por cima dele”, disse um motociclista. Policiais da sede do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo), que fica próximo, foram ao local para prestar socorro e orientar o trânsito. Logo depois chegou o Corpo de Bombeiros e o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Local fica próximo a sede do Garras (Foto: Leonardo de França)

Os socorristas tentaram reanimar a vítima por aproximadamente 20 minutos, porém Anderson que sofreu trauma no tórax, TCE (Traumatismo Craniano Encefálico) e perdeu muito sangue, morreu no local. Mesmo com os traumas, o capacete não chegou a sair da cabeça do motociclista com o choque.

Uma prima da vítima passava pelo local, reconheceu Anderson e ficou muito abalada. A Polícia Civil e Perícia foram acionados. A pista está parcialmente interditada no local.

Mais notícias