Médicos retiram sedação, mas atropelado na Duque de Caxias continua em coma na Santa Casa

Pedestre sofreu politraumatismo

O pedestre que foi atropelado na , em Campo Grande, no dia 3 agosto por um motociclista ainda está em coma na Santa Casa. Ele sofreu politraumatismo.

Segundo informações da assessoria do hospital, os médicos retiraram a sedação do paciente no último sábado (8), mas ele ainda não acordou do coma espontâneo em que se encontra, o que segundo informações do hospital pode ou não demorar. Ele sofreu um grande trauma na região frontal e traumatismo craniano.

O homem estava atravessando a avenida quando foi atropelado por um motociclista de 20 anos, que teve ferimentos leves e foi levado para uma unidade de saúde. Aos bombeiros ele disse que não lembrava no que havia batido, já que não havia visto a vítima atravessando a pista. Informações são de que o pedestre estaria embriagado e no momento do acidente estava segurando um ‘corote’, como são chamadas as garrafas plásticas de pinga.

Médicos retiram sedação, mas atropelado na Duque de Caxias continua em coma na Santa Casa
Mais notícias