Homens com mais de 35 são maioria nos acidentes de trânsito em Dourados

Dados da PM apontam que dos 572 acidentes registrados no ano passado, 103 envolveram pessoas nesse perfil. De 11 mortes, 10 tem essa faixa etária

Estatísticas da Polícia Militar apontam que homens com a faixa etária entre 35 e 64 anos são os que mais morrem e matam no trânsito de Dourados.  Durante todo o ano passado foram registrados um total 572 acidentes, 103 tiveram participação deste perfil. Das 11 mortes contabilizadas pela PM, 10 vitimaram pessoas do sexo masculino nessa faixa etária.

Com 74 casos na Polícia Militar de Dourados, o  segundo grupo que mais se envolve em acidentes é o das mulheres, também na faixa etária entre os 35 e 64 anos. Apesar disso, esse tipo de perfil não registrou nenhuma morte.

Segundo o subtenente da Polícia Militar, Júlio César Teles Arguelho, o perfil analisado corresponde a maior parte da população ativa economicamente no município de Dourados. “Trata-se das pessoas que vão para o trabalho e se deslocam de carro. Além disso têm a possibilidade financeira de comprar um carro ou uma moto”, destaca.

Ele explica que a atuação da PM é de apoio. “Nossa ação e o atendimento emergencial de acidentes com vítima na região leste da cidade de Dourados, confeccionando o boletim de ocorrência de acidente de trânsito, documento primordial para acionamento de seguros de veículos e também do DPVAT.

Além de dar apoio aos órgão de socorro como Corpo de Bombeiros e Samu. A PM também faz a análise técnica do local do acidente, confeccionado o boletim no SIGO e também pelo Senatran”, ressalta.

Homens com mais de 35 são maioria nos acidentes de trânsito em Dourados
Mais notícias