Fim de semana sangrento: MS registra seis acidentes com mortes

Quatro acidentes envolveram motocicletas em MS, sendo dois em Dourados

Sábado (11) e domingo (12) foram dias sangrentos devido aos acidentes em rodovias e ruas de Mato Grosso do Sul. Foram registrados seis acidentes, sendo cinco envolvendo motocicletas.

Em Costa Rica, a 384 quilômetros de Campo Grande, Francieli Fucilini Machado, de 35 anos, morreu por volta das 2 horas da madrugada deste sábado (11). A vítima pilotava uma moto Honda Biz pela Rua José Pereira da Silva, quando por motivos que serão apurados, houve colisão com outro veículo que fugiu do local sem prestar socorro.

Na segunda maior cidade do Estado, em Dourados distante 233 quilômetros de Campo Grande, dois motociclistas morreram. No fim da tarde de sábado, o jovem Cleber Willian Machado Coelho, de 19 anos, morreu após ser atingido por uma caminhonete, quando trafegava em uma motocicleta pela rua Iguassu no cruzamento com a rua Toshinobu Katayama.

Cleber pilotava uma Honda Biz e não teria respeitado a sinalização na rua Toshinobu, sendo atingido por

Motociclista de 19 anos foi atingido por Hilux, em Dourados. (Osvaldo Duarte, Dourados News)

uma Toyota Hilux. O condutor da caminhonete teria entrado em pânico e fugido do local do acidente.

Na BR-163, o corpo de Oscar Lescano Sanabria, 55 anos, foi encontrado no canteiro central, após perder o controle de direção da moto que pilotava e cair no local. Um casal passava pela rodovia, viu o veículo e acionou a PRF (Polícia Rodoviária Federal), que encontrou o homem já sem vida. O caso aconteceu na madrugada deste domingo (12), em Dourados. 

Porém, registros das câmeras de segurança da concessionária que administra a rodovia, a CCR, mostram que Oscar perdeu o controle de direção da moto Kenton e caiu no canteiro por volta das 22h de sábado. Ele foi encontrado três horas depois.

Bebê teria atravessado a rua e atropelado por motocicleta. (Reprodução, Sidrolândia News)

Outra tragédia envolvendo moto aconteceu em Sidrolândia, distante 70 quilômetros da Capital, no distrito de Quebra Coco. Um bebê de dois anos morreu na noite de sábado após ser atropelado por um motociclista de 22 anos que não conseguiu desviar da criança.

Identificado como Bruno da Silva Bispo, a criança teria atravessado correndo a rua e o motociclista não o viu, não tendo tempo de desviar. O acidente aconteceu na avenida Mato Grosso do Sul no sentido Norte-Sul.

Em Campo Grande, na Vila Popular, Marcelino Rodrigues Veiga, de 42 anos, morreu ao colidir a motocicleta que pilotava em uma árvore.. O acidente aconteceu por volta das 2h deste domingo (12), na avenida Solon Padilha.

Segundo o Boletim de Ocorrência registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) do Centro, Marcelino pilotava uma moto Honda Titan no sentido Indubrasil a região central, quando perdeu o controle e colidiu em uma árvore, na avenida, próximo a rua Alpini. A Perícia Técnica constatou que ele pilotava em alta velocidade.

Neste domingo, por volta das 8h, o Corpo de Bombeiros de Chapadão do Sul, distante 329 quilômetros de Campo Grande, foi acionado para atender um acidente na MS-306.

O trabalhador rural, Ademor Mendes da Silva, de 39 anos, conduzia um Fiat Uno e tinha como passageira a esposa, Célia Neves da Silva de 40 anos. O casal seguia pela rodovia, quando entrou no trevo conhecido IACO, na região do Pouso Frio, entre Chapadão do Sul e Costa Rica, para fazer a rotatória e pegar na MS-425.

A vítima não teria visto uma carreta Iveco, entrou na MS-306 e o Uno foi atingido na lateral. Ademor morreu no local do acidente. Célia foi socorrida com ferimentos e reclamando de dores no peito, sendo encaminhada ao Hospital Municipal. Eles trabalhavam na Fazenda São Marcos, no município.

*Matéria editada às 16h31 para acréscimo de informação

Mais notícias