Atropelada em cruzamento no Silvia Regina, mulher está em estado gravíssimo

Vítima está sedada e intubada no hospital

A mulher de 57 anos, que foi atropelada na noite desta quarta-feira (25) na Rua Paracatu esquina com a Avenida Capibaribe, região da Vila Silvia Regina em Campo Grande, está internada em estado gravíssimo na Santa Casa. De acordo com a comunicação do hospital, a vítima está sedada e intubada, com quadro instável.

A mulher foi avaliada pela equipe da neurocirurgia e bucomaxilofacial devido TCE (Traumatismo Craniano Encefálico) grave e trauma de face. Ainda não há informações se ela passará por procedimento cirúrgico.

De acordo com informações, o condutor de um Fox seguia pela Rua Paracatu no sentido leste – oeste, momento em que teria passado, segundo testemunhas, em alta velocidade na preferencial da Avenida Capibaribe. O atropelamento aconteceu logo após o veículo passar pela avenida, na sequência da Paracatu, onde ela atravessava próximo da esquina. A mulher chegou a ser arrastada na colisão.

A vítima atravessava a rua para ir a uma lanchonete de um familiar. A pedestre chegou a sofrer uma parada cardiorrespiratória, foi reanimada pelo , Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhada à Santa Casa .

O condutor, que segundo testemunhas, vomitou logo após o atropelamento, se recusou a fazer o teste de da de Trânsito. Ele foi levado à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

No mesmo cruzamento, o motociclista César Domingos de Searino, de 37 anos, que transitava em uma Suzuki 1000 cilindradas, morreu em um acidente com um Hyundai Tucson, em outubro de 2018.

Atropelada em cruzamento no Silvia Regina, mulher está em estado gravíssimo
Mais notícias