Imprudência no trânsito resultou em domingo sangrento em rodovias federais de MS

Oito pessoas morreram e pelo menos mais oito ficaram feridas em acidentes

O último domingo (20) foi marcado por acidentes automobilísticos com vítimas fatais nas rodovias federais de Mato Grosso do Sul – oito pessoas morreram e pelo menos mais oito ficaram feridas em colisões ocorridas na BR-262 e na BR-060.

Em ambos os casos, a imprudência diante de perigos das rodovias pode ter sido preponderante para as ocorrências. No primeiro deles – na BR-060, próximo a Camapuã, a 135 quilômetros de Campo Grande – o condutor de um Fiat Uno teria invadido a pista contrária provocando a colisão contra um Chevrolet Corsa. Ao todo, morreram cinco pessoas e não houve sobreviventes.

Segundo o delegado Nilson Friedrich, de Bandeirantes, o local do acidente seria uma baixada, onde tem muita neblina nas primeiras horas o dia, o que pode estar relacionado ao acidente. A polícia também estuda a hipótese do condudor do Fiat Uno ter dormido ao volante.

Já o acidente ocorrido em trecho da BR-262 – em Anastácio, a cerca de 134 km da Capital – acabou em três mortes e oito feridos, envolvendo um veículo Volkswagen Gol, um Ford Ecosport e um Honda CRV, que foi parar em meio a um matagal às margens da rodovia. Uma ciclista também teria sido vítima do acidente.

De acordo com informações da PRF (Polícia Rodoviária Federal), o acidente aconteceu depois que os veículos Ford Ecosport e Honda CRV bateram de frente. Em seguida,o Honda colidiu com a ciclista e teve a traseira atingida por um Gol que vinha na mesma direção e não freou a tempo.

No Ecosport estavam três pessoas. Duas morreram e a terceira foi hospitalizada em estado grave. Dos ocupantes do Honda CRV, uma pessoa morreu, uma foi socorrida em estado grave e outra teve apenas ferimentos leves. O motorista do Gol não teve ferimentos e quatro passageiros tiveram lesões leves.

Na fronteira

(Foto: Reprodução | Diário Corumbaense)

Apesar de não ter ocorrido em rodovias nacionais, um acidente automobilístico nesse fim de semana, no sábado (19), também resultou em morte na estrada Bioceânica, na fronteira do Brasil com a Bolívia – um homem morreu e mais cinco ficaram feridas após o motorista perder o controle da direção e capotar o veículo.

Duas mulheres, duas crianças e dois homens estariam em um automóvel com placas de Guarulhos, em São Paulo, e seguiam rumo a Santa Cruz de La Sierra. Entre o povoado de Palmito e Yacuces, o condutor perdeu o controle da direção e capotou. As causas do acidente serão investigadas.

Mais notícias