Em menos de 3 horas, dois motoristas destroem muros de residências

Primeiro caso aconteceu no início da tarde, na Vila Jacy

Outro motorista perdeu o controle da direção e destruiu o muro de uma casa, na tarde desta sexta-feira (11) em Campo Grande. O segundo caso aconteceu no cruzamento da Rua do Cisne, com a Rua Uirapuru, no bairro Estrela Dalva II.

Segundo informou a proprietária da residência atingida, Larissa Cristhina Sanches Xavier, de 21 anos, a condutora de um Chevrolet Kadet, por razão ainda desconhecida, perdeu o controle do carro, bateu em um Volkswagen Gol e atingiu o muro da casa. Ainda conforme a moradora, por pouco, ela e o filho não se envolveram na ocorrência.

“Meu filho de 1 ano e 3 meses estava brincando na varanda e quando escutei o barulho da colisão entre os carros, pulei em cima dele por instinto e fiquei paralisada. Minha mãe nos puxou e, em seguida, o carro bateu no muro da minha casa”, relatou.

Ainda conforme a moradora, a motorista do Kadet apresentava sinais de embriaguez e no momento em que a GCM (Guarda Civil Metropolitana) chegou ao local, um rapaz apareceu por lá afirmando que, na verdade, era ele quem estava dirigindo o carro.

Não é a primeira vez

Moradores da região reclamam dos acidentes e atribuem essas ocorrências à falta de sinalização.

Ainda segundo informações de populares, quem não conhece o bairro fica confuso no cruzamento, pois não dá para saber de quem é a preferencial já que não há nenhum tipo de aviso. O vizinho de Larissa contou à reportagem que já passou por situação parecida. O portão da casa dele está amassado desde o início do ano, quando um motociclista invadiu o local.

Segundo caso

Minamar Júnior, Midiamax

No início da tarde, um motorista de 42 anos ficou ferido após perder o controle de um Chevrolet Classic, na Rua José Paes de Farias, Vila Jacy, em Campo Grande, e bater no muro de uma residência. Segundo populares, o condutor também apresentava sinais de embriaguez.

Conforme informações obtidas no local, ele seguia no sentido bairro-centro da rua, quando colidiu no muro da casa, que fica no cruzamento com a Avenida Laudelino Barcelos. Antes da chegada dos militares do Corpo de Bombeiros, moradores retiraram a vítima de dentro do carro. Testemunhas contaram à reportagem que o condutor estaria se afogando com o próprio sangue. “Ele chegou a desmaiar e acredito que não estava usando o cinto de segurança”, afirmou uma moradora.

Mais notícias