Com filha de 5 anos, bêbado faz tumulto em acidente e diz que vai prender bombeiros

Motorista disse que era militar do Exército e que iria prender os bombeiros

Na noite deste domingo (24), um homem de 43 anos foi levado para a delegacia da cidade de Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande, depois de causar tumulto em um local de acidente e dirigir embriagado com sua filha de 5 anos, no carro.

Informações do boletim de ocorrência são de que equipes do Corpo de Bombeiros foram chamados para o acidente por volta das 19 horas deste domingo (24), a rua foi isolada para o socorro das vítimas sendo que 20 minutos depois o autor, que se dizia militar do Exército, chegou com seu veículo Fiat Pálio e parou no meio da rua, momento em que os bombeiros pediram para que ele retirasse o carro do local.

Neste momento, o homem começou a gritar “um guarda não pode me dar ordens, sou oficial do Exército, vou te prender por desacato”. Foi pedido, então, pelos agentes que ele apresentasse a sua documentação, mas o motorista continuou a se negar afirmando que guarda não mandava nele. Em um segundo momento, foi pedido para que ele saísse do veículo, mas o homem se negou.

Quando desceu do carro, os bombeiros perceberam que o motorista estava embriagado, mas admitiu que havia ingerido bebidas alcoólicas. Foi feito contato com o Exército, que afirmou que o documento que o homem portava não tinha validade alguma., um documento do Ministério da Defesa vencido em fevereiro de 2003.

Quando recebeu voz de prisão o homem começou a se debater. A esposa dele foi até o local para buscar a filha de 5 anos, que estava no carro e levar o veículo. O autor foi levado para a delegacia e autuado por desacato, desobediência e embriaguez ao volante.

Mais notícias