Após 20 dias de acidente em rodovia, vítimas carbonizadas são identificadas

Velório deve acontecer neste sábado (20)

Após 20 dias do acidente na MS-395 entre Brasilândia e Bataguassu na noite do dia 28 de junho, as vítimas que morreram carbonizadas foram identificadas. As quatro vítimas eram passageiras de uma van da Secretaria de Saúde de Bataguassu, que colidiu com a traseira de um caminhão carregado de ração animal.

O velório de Dolores Sanches Dias de 72 anos, que seguia acompanhada da filha Eleny Aparecida Sanches Dias de 48 anos, Claudia Rodrigues Ledesma de 42 anos que era acompanhada pela jovem Thaina Aparecida Rodrigues Ledesma de 21 anos, acontecerá neste sábado (20), no Centro de Eventos João Lemes em Bataguassu, segundo o site Da Hora Bataguassu.

No dia do acidente, os dois veículos transitavam no mesmo sentido, Três Lagoas a Bataguassu, quando, logo após uma descida, a van chocou-se com a traseira do caminhão. A van pegou fogo no momento da colisão e os quatro passageiros morreram carbonizados.

Após o acidente, a van parou com as rodas para cima. Todas as vítimas retornavam de atendimento médico que faziam em Três Lagoas. Já o motorista da van conseguiu sair do veículo pouco antes do incêndio. O motorista do caminhão não sofreu ferimentos. O caminhão estava sem as luzes traseiras.

Mais notícias