Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

‘Não sou obrigado’: acadêmico de direito é preso ao dirigir na contramão

Condutor disse que policiais ‘estragaram seu sonho de ser PM’

Um homem de 33 anos foi preso depois de invadir a Rua 15 de Novembro, na contramão, na madrugada deste sábado (6). O condutor se recusou a passar pelo teste do bafômetro, ele alegou aos policiais ser estudante de direito, logo um ‘conhecedor de seus direitos’.

Conforme o boletim de ocorrência, equipe da PM fazia rondas pela Rua Treze de Maio próximo à Praça Ary Coelho, quando visualizou um veículo Gol em uma conversão proibida à rua 15 de Novembro.

Os militares acompanharam o veículo para interromper a direção perigosa e durante abordagem, o condutor se mostrou agressivo. Em relutância, o suspeito se recusou a passar pelo bafômetro e alegou “Sou estudante de direito, sei dos meus direitos e não sou obrigado a produzir provas contra mim mesmo, não irei soprar nada”.

No carro, os policiais encontraram uma garrafa de cerveja (long neck) e um copo de plástico com limão e sobras de gelo.  Foi lavrado a multa pela infração de trânsito, recolhimento de documentos, Termo de Constatação de Alteração da Capacidade Psicomotora e recolhimento de veículo.

Antes de ser algemado, o estudante disse: “Vocês todos pagarão por isso no futuro, vou denunciar cada um de vocês por estragar meu sonho de entrar na Polícia Militar e vestir essa farda”. O carro foi guinchado ao Pátio do Detran. 

 

Você pode gostar também