Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Flagra do leitor: Militares do Exército estacionam em vaga de idoso e saem ‘aos risos’

Militares caminhavam tranquilamente pelo estacionamento

Dois militares do Exército foram flagrados com um carro oficial, estacionado em uma vaga para idosos, de um mercado da rua Brilhante, em Campo Grande. Um leitor do Jornal Midiamax fez as imagens, na manhã da última quinta-feira (6).

Segundo o leitor, os militares pararam o veículo e entraram no mercado. Além de ter sido estacionado na vaga reservada para idosos, o carro ainda está torto, invadindo em parte de outra vaga.

Pelas imagens, é possível ver que os militares não parecem ser idosos e voltam pouco tempo depois, carregando sacolas de compras e entram no veículo. O leitor questiona a atitude e, segundo ele, os militares não ‘deram bola’ e deram risada.

Para pessoas ‘comuns’, mesmo dentro de supermercados e estabelecimentos comerciais, é necessário que o veículo esteja identificado com o cartão para idosos ou deficientes. Caso não esteja identificado, o condutor pode até ser multado pela Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito).

Pelo artigo 29 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro), os veículos destinados a socorro de incêndio e salvamento, os de polícia, os de fiscalização e operação de trânsito e as ambulâncias, além de prioridade de trânsito, gozam de livre circulação, estacionamento e parada, quando em serviço de urgência e devidamente identificados por dispositivos regulamentares de alarme sonoro e iluminação vermelha intermitente – o que, aparentemente, não parece o caso do veículo estacionado no mercado.

O CMO (Comando Militar do Oeste) foi procurado e informou que vai avaliar a atitude os militares estacionarem na vaga reservada.

Informamos que recebemos a denúncia e os fatos serão apurados. O Comando Militar do Oeste (CMO) não compactua com qualquer tipo de irregularidade praticada, repudiando veementemente fatos desabonadores da ética e da moral que devam estar presentes na conduta de todos os seus integrantes.

A Força empenha-se, rigorosamente, para que eventuais desvios de conduta sejam evitados, investigados e corrigidos, dentro dos limites da lei. Desde já agradecemos o contato, respeitosamente”.


Fale com os jornalistas do Midiamax

Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões também podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...