Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Carro de militar do exército é depredado no meio da rua após colisão e morte

Vítima foi arremessada e sofreu afundamento de crânio e tórax

​Uma mulher de 53 anos, identificada como Ormezinda dos Santos Borges, morreu na manhã deste sábado (6), em Três Lagoas, a 338 km de Campo Grande, depois de ter seu triciclo atingido por um carro. O condutor do veículo, um militar do Exército Brasileiro, deve responder por homicídio culposo.

Conforme o boletim de ocorrência, o militar trafegava pela Rua Dois, no sentido Bairro Vila Piloto-Jardim Alvorada, quando colidiu na traseira de um triciclo, que trafegava na mesma direção e era conduzido pela mulher.

Com o impacto, a vítima foi arremessada contra o capô e o para-brisa dianteiro do veículo, e sofreu afundamento de crânio. O militar permaneceu no local, prestou os primeiros atendimentos e teve o carro depredado, a capacetadas e chutes, por populares.

Por se tratar de militar do Exército Brasileiro, foi acionado o oficial de dia da Terceira Bateria de Artilharia Anti-Aérea, comparecendo ao 2º Batalhão de Policia Militar o 1º Tenente EB Schwantz.

O condutor foi submetido ao teste do etilômetro, resultando em 0,00 mg/l de ar por litro de sangue (em anexo). O teste do bafômetro foi apreendido e o militar entregue sem lesões corporais.

Uma equipe policial foi até o Hospital Auxiliadora e recebeu a informação de que a vítima sofreu afundamento do crânio, na parte parental e afundamento do tórax, resultando em morte encefálica com quadro irreversível.  O caso foi registrado como homicídio culposo na direção do veículo.

Você pode gostar também