Polícia prende suspeita de participar de morte pelo ‘tribunal do crime’ em MS

Mulher assassinada era foragida da Justiça e estaria mantendo relação com integrante de facção rival

Encontrada morta em uma estrada de Dourados, distante 225 km de Campo Grande, foi espancada com pedras e torturada em uma casa próxima ao local onde o corpo foi localizado, na manhã desta sexta-feira (10). Uma suspeita de participar do crime já foi presa.

O corpo de Rosimar Gomes de Souza da Cruz, 27 anos, estava com as mãos amarradas com pano e uma corda no pescoço. A investigação aponta, inicialmente, que Rosimar morreu após passar pelo ‘tribunal do crime’.

Ainda, conforme as informações da polícia, ela era foragida da Justiça do Tocantins e estaria mantendo relação amorosa com integrante de facção rival.

O crime teria ocorrido por volta das 3h desta sexta-feira, conforme divulgado pelo site Dourados News. A casa onde ocorreu o crime fica distante cerca de 100 do local onde encontraram o corpo dela, uma estrada de terra no bairro Estrela Verá.

Mais notícias