Polícia

VÍDEO: homem é preso em flagrante logo após incendiar depósito de construção em Campo Grande

Um homem de aproximadamente 50 anos foi preso em flagrante por incêndio criminoso em um material de construção na noite desta terça-feira (23) no Jardim Itamaracá, em Campo Grande. Antes de quebrar o vidro do depósito e atear fogo no local, o autor ainda chutou o portão da casa do proprietário que fica ao lado. […]

Diego Alves Publicado em 23/02/2021, às 21h34 - Atualizado em 24/02/2021, às 09h47

Reprodução
Reprodução - Reprodução

Um homem de aproximadamente 50 anos foi preso em flagrante por incêndio criminoso em um material de construção na noite desta terça-feira (23) no Jardim Itamaracá, em Campo Grande. Antes de quebrar o vidro do depósito e atear fogo no local, o autor ainda chutou o portão da casa do proprietário que fica ao lado.

VÍDEO: homem é preso em flagrante logo após incendiar depósito de construção em Campo Grande
Local onde ocorreu o incêndio

Na residência estava somente a filha do comerciante, que ficou muito assustada com a situação. Após chutar o portão, o autor quebrou o vidro da fachada do depósito, jogou gasolina que estava em um galão e ateou fogo.

Um segurança de um mercado próximo viu o incêndio, correu até o local com um extintor e combateu as chamas que não se alastraram em todo o prédio. O fogo chegou a subir até o forro do depósito e destruiu alguns produtos que estavam próximo da janela.

O fogo também chegou a pegar na calça do indivíduo. Ele fugiu do local a pé e foi preso em casa pela Polícia Militar logo após o crime. Ele tomava banho quando foi detido.

Preso em flagrante, ele foi levado a uma unidade de saúde devido a um corte em uma das mãos. O incendiário deu socos para quebrar o vidro e com isso sofreu o corte. “O senhor é louco, porque faz isso”, disse uma motociclista que passou pelo local no momento dos fatos.

O proprietário do depósito, de 52 anos, disse à reportagem que o autor era cliente do seu estabelecimento. O proprietário relatou que alugou um quarto da família do autor na região, para guardar materiais de construção. Ele alugou o local, pelo fato de estar construindo ao lado da residência do autor, que fica a aproximadamente 400 metros do depósito de construção.

O comerciante relata que chegou a adiantar valores do aluguel para a família do autor, porém, o homem preso na noite desta terça, estaria querendo mais dinheiro. “Ele veio perturbar aqui hoje umas quatro vezes”, conta. O autor que responderá a princípio por incêndio criminoso e danos materiais, foi levado à delegacia de Polícia Civil.

Jornal Midiamax