Tiros para o alto: Motoentregador confunde pedido, é agredido e tem moto retida

Vítima conseguiu reaver veículo após acionar os patrões

de 37 anos foi agredido por duas pessoas durante o trabalho na noite de domingo (24), no Portal Caiobá, em Campo Grande, após confundir uma entrega. A vítima chegou a ter a moto retida por um dos agressores, que efetuou seis disparos para o alto, a fim de causar intimidação.

Conforme boletim de ocorrência, a vítima disse que trabalha em uma da região e, por volta das 22h30, foi acionada para uma entrega na Rua Jornalista José Filinto da Silva. Chegando ao local, se deparou com um homem grisalho e perguntou ser era ali que seria entregue duas pizzas e um sobá.

No entanto, o morador disse que a vítima estava com as entregas erradas e tomou das mãos delas as notas fiscais do pedido. O trabalhador tentou argumentar, mas passou a ser agredido pelo homem com socos e chutes, antes que pudesse esclarecer qualquer coisa. Em seguida, o morador da casa ao lado se aproximou e também começou a agredi-lo.

Um dos autores tomou a moto da vítima por 40 minutos. O veículo só foi devolvido quando o trabalhador voltou ao local com os patrões. No entanto, quando estavam saindo do local, este mesmo morador que reteve a moto sacou uma arma e atirou várias vezes.

A vítima disse que levou soco na boca e sofreu cortes e escoriações, principalmente no cotovelo e nas costas. Disse ainda que o pedido teria sido feito pela esposa de um dos agressores e que se confundiu porque havia três pedidos parecidos, todos muito próximos. O caso foi denunciado à .

Tiros para o alto: Motoentregador confunde pedido, é agredido e tem moto retida
Mais notícias