Polícia

Presos quebram celas na Gameleira e Cope é acionado para conter 'tumulto'

Alguns internos precisaram de atendimento médico e foram encaminhados à unidade de saúde

Danielle Errobidarte e Renan Nucci Publicado em 07/04/2021, às 14h25

Cope foi acionado e precisou intervir usando força policial.
Cope foi acionado e precisou intervir usando força policial. - (Foto: Henrique Arakaki / Arquivo Midiamax)

Seis celas foram danificadas por internos da Penitenciária Estadual de Regime Fechado da Gameleira nesta terça-feira (6). O COPE (Comando de Operações Penitenciárias) precisou intervir no princípio de tumulto e alguns internos ficaram feridos nas ferragens das celas.

Conforme relato de uma advogada ao Jornal Midiamax, as visitas de atendimento aos presos na tarde de ontem foram canceladas. “Eu e todos os advogados que fomos fazer atendimento perdemos viagem, porque até para nossa segurança, não nos deixaram entrar. Estavam arrumando as celas”, comenta.

Conforme a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), os presos que ficaram feridos receberam atendimento médico no setor do presídio, e alguns necessitaram de encaminhamento para unidade de saúde. O COPE precisou intervir e, segundo a Agepen, “conteve a situação com a necessidade de uso de força moderada”.

Os internos que participaram do tumulto foram identificados e isolados em celas disciplinares. Eles devem responder um procedimento administrativo interno. A Agepen ainda alertou para a retomada de visitas dos advogados e recebimento de pertences, a partir desta quarta-feira (7).

“A rotina da unidade penal continua sendo realizada normalmente. Inclusive os atendimentos são realizados progressivamente para evitar aglomeração, conforme ordem de chegada”, finaliza a nota.

Jornal Midiamax