Polícia

Presa por assassinato do namorado em MS, mulher diz que estava ‘decidida a matar’

A mulher de 37 anos, presa acusada pelo assassinato do namorado, Alberto dos Santos, de 44 anos, disse à polícia que estava decidida a matar o companheiro. Segundo ela, o motivo do crime foi vingança, pois sofria violência doméstica. O caso aconteceu na madrugada desta quinta-feira (25), na cidade de Iguatemi, a 466 quilômetros de […]

Dayene Paz Publicado em 26/03/2021, às 12h13 - Atualizado às 12h16

Alberto foi atingido por facada e não resistiu | Imagem: Leitor Midiamax / Via WhatsApp
Alberto foi atingido por facada e não resistiu | Imagem: Leitor Midiamax / Via WhatsApp - Alberto foi atingido por facada e não resistiu | Imagem: Leitor Midiamax / Via WhatsApp

A mulher de 37 anos, presa acusada pelo assassinato do namorado, Alberto dos Santos, de 44 anos, disse à polícia que estava decidida a matar o companheiro. Segundo ela, o motivo do crime foi vingança, pois sofria violência doméstica. O caso aconteceu na madrugada desta quinta-feira (25), na cidade de Iguatemi, a 466 quilômetros de Campo Grande.

Em depoimento à Polícia Civil, a mulher, que não terá a identificação divulgada, disse que foi até o local onde o namorado estava, em frente à casa dele, decidida que iria matá-lo. Nessa residência, ele ingeria bebidas alcoólicas com amigos, quando passou a discutir com a mulher.

Eles saíram da casa e foram para o meio da rua, momento em que a autora pegou uma faca e desferiu no namorado. Ele foi atingido na altura da clavícula e ainda conseguiu caminhar por poucos metros. No entanto, não resistiu e morreu.

A autora fugiu, mas foi localizada pela Polícia Civil poucas horas depois, ainda na manhã desta quinta-feira (25). Ela confessou o crime e alegou ter agido por vingança, já que vinha sendo vítima de violência doméstica pelo namorado. A mulher foi autuada pelo crime de homicídio simples.

Jornal Midiamax