Polícia

Policiais serão julgados pelo desvio de 17 smarphones avaliados em R$ 26,5 mil

O juízo da Auditoria Militar de Campo Grande marcou para o próximo dia 28 de abril, às 13h45, a audiência de julgamento de um cabo, um segundo-tenente e dois soldados da Polícia Militar acusados do desvio de 17 smartphones, entre Iphones e Xiaomis, avaliados em R$ 26,5 mil. Eles respondem por falsificação de documento e […]

Renan Nucci Publicado em 26/03/2021, às 17h36

Foto Ilustrativa
Foto Ilustrativa - Foto Ilustrativa

O juízo da Auditoria Militar de Campo Grande marcou para o próximo dia 28 de abril, às 13h45, a audiência de julgamento de um cabo, um segundo-tenente e dois soldados da Polícia Militar acusados do desvio de 17 smartphones, entre Iphones e Xiaomis, avaliados em R$ 26,5 mil. Eles respondem por falsificação de documento e peculato.

Conforme denúncia do MPMS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul), no dia 26 de setembro de 2019, os policiais lotados em Bataguassu faziam fiscalização na rodovia MS-395, perto do trevo de acesso ao município de Santa Rita do Pardo, quando abordaram um automóvel Virtus. Na ocasião, constataram que o veículo estava cheio de mercadorias estrangeiras, sem a documentação legal de importação.

Por este motivo, realizaram a apreensão no total de 74 smartphones. Contudo, durante lavratura da ocorrência, declaram apenas 57 e entregaram apenas estes 57 à Receita Federal. O desfalque foi de 17 celulares avaliados em R$ 26,5 mil. Eles foram indiciados e denunciados. O julgamento deveria ter ocorrido no último dia 23, mas em razão da ausência de um dos juízes, foi reagendado.

Jornal Midiamax