Polícia

Polícia prende bandidos que assaltaram mulheres com simulacro

A Polícia Militar identificou e prendeu os acusados de praticarem roubos contra 03 mulheres, em Três Lagoas, cidade a 325 quilômetros de Campo Grande. Drogas foram apreendidas na residencia de um dos acusados. De acordo com a polícia, por volta das 23h do dia 27/01, 02 mulheres deslocavam pela rua Manoel de Faria Duque e […]

Diego Alves Publicado em 28/01/2021, às 22h38 - Atualizado às 22h40

None

A Polícia Militar identificou e prendeu os acusados de praticarem roubos contra 03 mulheres, em Três Lagoas, cidade a 325 quilômetros de Campo Grande. Drogas foram apreendidas na residencia de um dos acusados.

De acordo com a polícia, por volta das 23h do dia 27/01, 02 mulheres deslocavam pela rua Manoel de Faria Duque e foram rendidas por 03 homens ocupando um veículo vermelho e mediante grave ameaça com arma de fogo subtraíram seus pertences. Pouco tempo depois, próximo ao Hospital Auxiliadora outra mulher foi rendida e roubada pelo trio de criminosos. Uma testemunha presenciou a ação, identificou o veículo como sendo um Renaut Sandero de cor vermelha e anotou a placa.

Os policiais deslocaram até o endereço de registro do veículo e o proprietário relatou que seu filho (27 anos) teria saído com o automóvel. Relatou ainda que vem tendo problemas com o filho e através de uma ligação telefônica informou a possível localização do acusado pelo bairro Guanabara.

Ainda segundo a polícia, com a informação, várias equipes se dirigiram para a região e na Rua Yamaguti Kanquiti abordaram o veículo com 1 dos acusados. No interior foi localizado 01 pistola de cor preta utilizada para uso de cola quente (usado como simulacro de arma de fogo). Alguns itens roubados também foram encontrados, entre eles 01 bolsa de cor marrom e 01 crachá do Hospital Auxiliadora. Em entrevista, confessou ter praticado os crimes com os comparsas de apelidos de “Barata” e “Negão”, bem como indicou a residência onde poderiam ser encontrados.

O indivíduo de apelido “Barata” foi localizado na residência indicada, onde já haviam denuncias de funcionar uma “boca de fumo”. No local foram apreendidos outros itens subtraídos nos roubos e ainda várias porções de maconha, pedras de crack, bicarbonato de sódio (mistura para droga) e balança de precisão, assim caracterizando também o crime de tráfico de drogas. O terceiro acusado dos roubos, de apelido “Negão” não foi localizado.

Os acusados receberam voz de prisão e foram apresentados na delegacia de polícia onde foi ratificado o flagrante pelos crimes de roubo e tráfico de drogas.

Jornal Midiamax