Polícia desarticula grupo ligado ao furto e receptação de R$ 400 mil em celulares

Ao todo, foram furtados 65 aparelhos novos de uma loja

A de Três Lagoas, a 323 quilômetros de Campo Grande, desarticulou um grupo ligado ao furto e receptação de 65 aparelhos de telefone celular avaliados em R$ 400 mil. Os fatos ocorreram no último dia 8 deste mês, na Avenida Capitão Olinto Mancini, no centro da cidade.

Conforme apurado, quando funcionários chegaram ao local, se depararam com a loja arrombada. O teria aberto dois buracos no teto, meio pelo qual teve acesso ao interior do estabelecimento e retirou as mercadorias nos modelos Iphone e .

Um rapaz de 19 anos morador no condomínio Novo Oeste foi identificado como suspeito do crime. Ele acabou confessando que agiu sozinho e que levou os telefones para seu apartamento, passando a negociá-los com várias pessoas da cidade. No entanto, após se envolver em um acidente, para que um amigo, da mesma idade, retirasse as mercadorias.

Uma bolsa com todos os celulares foi retirada do apartamento do suspeito e levada para a casa mãe dele, na Vila Piloto. Lá foi feita a apreensão da bolsa com 45 unidades. Ao longo das investigações, os policiais chegaram a novos envolvidos. Um adolescente confessou ter comprado um celular furtado.

Um rapaz de 20 anos, morador no Jardim Alvorada, recebeu aparelhos furtados para fazer o desbloqueio, e vai responder por receptação. Um jovem de 18 anos, morador na Vila Alegre, estava com dois celulares e tentou fugir, mas foi detido. Outro jovem, de 23 anos, teria comprado oito celulares e revendido em São Paulo. 

Com um dos receptadores, foi localizado ainda um aparelho de som com várias caixas acústicas, bem como um ventilador, os quais constar serem produtos de furto ocorrido no dia cinco do corrente mês, num clube do bairro Bosque das Araras, sendo que referido investigado confessou ser o autor do furto, cujo local havia sido alugado para familiares dele. 

Também foram levados dois televisores, sendo um de 65 polegadas e outro de 50 polegadas, os quais haviam sido vendidos e foram recuperados. Foram apreendidos ainda alguns relógios, que ao que tudo indica, possam ter sido objetos de furtos em lojas desta cidade

Polícia desarticula grupo ligado ao furto e receptação de R$ 400 mil em celulares
Mais notícias