Polícia cumpre mandado judicial e prende professor suspeito de estuprar afilhada e irmã dela

Foi preso professor de 55 anos acusado de estuprar a própria afilhada e a irmã dela há pelo menos 10 anos em Aquidauana, cidade a 140 quilômetros de Campo Grande. Segundo a polícia, a prisão preventiva foi decretada no final da tarde desta sexta-feira (22).

Segundo a polícia, investigações da DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher de Aquidauana) apuraram diversas provas dos crimes de estupro de vulnerável, em especial o relatório de atendimento psicológico das vítimas e laudo de exame de conjunção carnal que confirmaram as acusações. O professor que era filiado ao PT chegou a ser expulso do partido.

A delegada titular da Delegacia de Atendimento à Mulher de Aquidauana, Joilce Silveira Ramos relatou ao site O Pantaneiro que o professor não resistiu à prisão e informou que só seria interrogado na presença de seu advogado.

Em dezembro o caso veio à toma, quando uma das vítimas, hoje com 18 anos, relatou o ocorrido à mãe após se deparar com o abusador em uma reunião familiar.  A irmã dela, de 15 anos, também disse ter sido ‘tocada’ várias vezes pelo professor. Ambas as jovens tiveram problemas de depressão e tentativa de suicídio após o ocorrido.

Polícia cumpre mandado judicial e prende professor suspeito de estuprar afilhada e irmã dela
Mais notícias