Polícia

PMA fiscaliza embarcações nos rios Pardo e Anhanduí e apreende espinheis e anzóis de galho

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Bataguassu fiscalizou 14 embarcações com 29 pescadores nos rios Pardo e Anhanduí e apreendeu espinheis e anzóis de galho nesta sexta-feira (12). A Polícia Militar Ambiental de Bataguassu realiza fiscalização nos rios Pardo e Anhanduí e apreendeu petrechos ilegais para pesca. Durante os trabalhos, a PMA fiscalizou 14 embarcações, […]

Diego Alves Publicado em 13/03/2021, às 14h28 - Atualizado às 14h34

Divulgação, PMA
Divulgação, PMA - Divulgação, PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Bataguassu fiscalizou 14 embarcações com 29 pescadores nos rios Pardo e Anhanduí e apreendeu espinheis e anzóis de galho nesta sexta-feira (12). A Polícia Militar Ambiental de Bataguassu realiza fiscalização nos rios Pardo e Anhanduí e apreendeu petrechos ilegais para pesca.

Durante os trabalhos, a PMA fiscalizou 14 embarcações, com 29 pessoas desenvolvendo pesca amadora, bem como pessoas que praticavam a pesca no barranco dos rios e todos pescavam legalmente.

De qualquer forma, é fundamental esse tipo de trabalho preventivo e a equipe continua nos rios, tanto para evitar que pessoas pratiquem a pesca predatória, bem como realizar a retirada de petrechos ilegais que são armados nos cursos d’água, petrechos estes, que têm alto poder de degradação de cardumes.

A equipe retirou dos dois rios 10 anzóis de galho e duas cordas de espinheis, medindo 80 metros no total, cada uma com 20 anzóis, até há pouco, às 14h30. Os infratores que armaram os petrechos ilegais não foram localizados e nem identificados.

Jornal Midiamax