Polícia

PMA autua infrator em R$ 3 mil por derrubada ilegal de árvores

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Aquidauana autuou um infrator em R$ 3 mil por derrubada ilegal de árvores para exploração de madeira e apreende madeira e motosserra ilegais. Policiais ambientais realizaram fiscalização ambiental em uma fazenda no município, localizada a 4 km do distrito de Taunay hoje (6) e localizaram uma área de exploração […]

Diego Alves Publicado em 08/03/2021, às 22h53

None

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Aquidauana autuou um infrator em R$ 3 mil por derrubada ilegal de árvores para exploração de madeira e apreende madeira e motosserra ilegais. Policiais ambientais realizaram fiscalização ambiental em uma fazenda no município, localizada a 4 km do distrito de Taunay hoje (6) e localizaram uma área de exploração ilegal de madeira. No local havia sete árvores de grande porte derrubadas das espécies angico, ipê e aroeira sem autorização ambiental.

As toras de madeira retiradas estavam sendo transformadas em estacas para cerca e tábuas para construção de um mangueiro para o trabalho com o gado. Foram apreendidas 103 estacas, sendo que algumas já estavam fixadas em uma cerca que estava sendo executada na fazenda, bem como as tábuas.

O infrator também portava uma motosserra e não possuía a Licença Ambiental de Porte e Uso (LPU) e a máquina foi apreendida. O proprietário rural (47), residente em Aquidauana, responderá pelo crime ambiental de exploração ilegal de madeira, com pena de seis meses a um ano de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 3.100,00 pelas infrações.

Jornal Midiamax