Polícia

PMA autua infrator em R$ 2,4 mil por criação ilegal de javalis

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou um infrator R$ 2,4 mil por criação ilegal de javalis, espécie que foi declarada nociva e autorizado o controle pelo órgão ambiental em Bela Vista. Policiais ambientais realizaram fiscalização em uma fazenda no município, localizada a 20 km da cidade e localizaram em um chiqueiro a criação de três […]

Diego Alves Publicado em 10/03/2021, às 19h34

PMA
PMA - PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou um infrator R$ 2,4 mil por criação ilegal de javalis, espécie que foi declarada nociva e autorizado o controle pelo órgão ambiental em Bela Vista.

Policiais ambientais realizaram fiscalização em uma fazenda no município, localizada a 20 km da cidade e localizaram em um chiqueiro a criação de três javalis ilegalmente, nesta quarta-feira (10). Os animais eram criados nas proximidades da sede pelo proprietário da fazenda.

A Instrução Normativa nº 3, de 31 de janeiro de 2013, que permite o controle (abate) do javali, desde sua publicação, suspendeu a instalação, registro e funcionamento de qualquer modalidade de criação de javalis no Brasil por tempo indeterminado. A PMA acionou a Agência Sanitária Animal e Vegetal de Mato Grosso do Sul (Iagro), para as medidas sanitárias necessárias referentes aos animais.

O infrator (41), residente em Bela Vista, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 2.400,00. Ele também responderá por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora sem autorização do órgão ambiental competente, com pena prevista de um a seis meses de detenção.

Jornal Midiamax