Polícia

Pescador é autuado por praticar pesca subaquática ilegal no Rio Paraná

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Três Lagoas, cidade a 320 quilômetros de Campo Grande, autuou um pescador por praticar pesca subaquática ilegal nesta sexta-feira (12). Policiais Militares ambientais realizavam fiscalização ambiental no rio Paraná quando flagraram o pescador de 35 anos por pratica de pesca predatória. Segundo a PMA, o autuado, residente em Três […]

Diego Alves Publicado em 13/03/2021, às 13h50 - Atualizado às 13h55

Divulgação
Divulgação - Divulgação

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Três Lagoas, cidade a 320 quilômetros de Campo Grande, autuou um pescador por praticar pesca subaquática ilegal nesta sexta-feira (12). Policiais Militares ambientais realizavam fiscalização ambiental no rio Paraná quando flagraram o pescador de 35 anos por pratica de pesca predatória.

Segundo a PMA, o autuado, residente em Três Lagoas, estava em uma embarcação na região conhecida como Ilha Comprida e praticava pesca subaquática utilizando arbalete e arpões.

Ainda de acordo com a polícia, o infrator iniciava a pescaria, mas já havia abatido um peixe nativo com uso do petrecho, que é proibido para a pesca a peixes nativos. Ele também havia capturado mais dois peixes, dentro das normas permitidas com uso de vara com molinete. Com o autuado foram apreendidos um barco, um motor de popa, três peixes, um molinete com vara, um arbalete e uma lança.

Ele foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 1.020,00. O infrator também responderá por crime ambiental de pesca predatória e poderá pegar pena de um a três anos de detenção.

Jornal Midiamax