Polícia

Pedreiro coloca fogo em mato de terreno baldio e recebe multa da PMA em Aquidauana

Nove pessoas já foram autuadas por conta de incêndios propositais

Fábio Oruê Publicado em 06/04/2021, às 15h46

Operação da PMA visa coibir incêndios nessa época do ano
Operação da PMA visa coibir incêndios nessa época do ano - Foto: PMA/ Divulgação

Após denúncias sobre uma grande quantidade de fumaça no Bairro São Cristóvão, em Aquidauana, A PMA (Polícia Militar Ambiental) multou um pedreiro, de 68 anos, que havia ateado fogo em mato para limpeza, na tarde de segunda-feira (5). A fumaça era intensa e poderia causar danos à saúde de crianças. 

Segundo a PMA, uma equipe compareceu ao local e encontrou o idoso, que assumiu ter incendiado a vegetação de terrenos baldios, nas proximidades de sua residência, para limpeza, o que causou muita fumaça e os transtornos aos vizinhos. Quando a polícia chegou o fogo já estava extinto, mas o infrator foi autuado e multado em R$ 400.

Ele também foi orientado sobre os problemas gerados pelos incêndios, nesta fase informativa da operação “Prolepse” de prevenção aos incêndios em Mato Grosso do Sul, executada pela Polícia Militar Ambiental, desde o dia 22 de março.

Mesmo na fase de orientação da operação, a população tem denunciado as pessoas que provocam incêndios, especialmente, no perímetro urbano, até porque essas pessoas são prejudicadas nesses casos, porque normalmente são vizinhas do problema. 

A PMA de Aquidauana já autuou nove infratores por incêndio, desde o dia 23 de março, sendo oito por incêndios urbanos e um na zona rural, em pastagem. 

Jornal Midiamax