Polícia

Operação faz ‘batida’ em festa com aglomeração promovida por militares em MS

A fiscalização encerrou uma festa clandestina que era promovida por militares na cidade de Corumbá, a 425 km de Campo Grande. O GFI (Grupo de Fiscalização Integrada) e a Guarda Municipal estiveram no local, no centro da cidade. O GFI e a PM (Polícia Militar) participam da operação ‘Preavenire’ para conter aglomerações e descumprimento ao […]

Mylena Rocha Publicado em 27/02/2021, às 12h43 - Atualizado em 28/02/2021, às 11h22

(Foto: Divulgação/Diário Corumbaense)
(Foto: Divulgação/Diário Corumbaense) - (Foto: Divulgação/Diário Corumbaense)

A fiscalização encerrou uma festa clandestina que era promovida por militares na cidade de Corumbá, a 425 km de Campo Grande. O GFI (Grupo de Fiscalização Integrada) e a Guarda Municipal estiveram no local, no centro da cidade. O GFI e a PM (Polícia Militar) participam da operação ‘Preavenire’ para conter aglomerações e descumprimento ao toque de recolher.

A festa clandestina acontecia durante o toque de recolher e contava com muitas pessoas, segundo o site Diário Corumbaense. A fiscalização constatou que a festa era promovida por três militares das Forças Armadas.

Ainda conforme o Diário Corumbaense, foi aberto processo administrativo e os militares foram notificados a apresentar defesa em cinco dias. Eles podem ser multados em até R$ 30 mil por descumprimento aos decretos municipal e estadual de prevenção ao contágio pelo coronavírus.

Jornal Midiamax