Polícia

Operação contra furto de fios ataca ferros-velhos, lacra bar e prende dois

A Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos), a Guarda Civil Metropolitana, fiscais da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), da Sefim (Secretaria Municipal De Finanças E Planejamento) e da Vigilância Sanitária realizaram nesta sexta-feira (26) operação conjunta contra furto de fios em Campo Grande, crime que tem lesado morad...

Renan Nucci Publicado em 26/02/2021, às 14h57

Equipes durante fiscalização nesta sexta-feira. Foto: Divulgação
Equipes durante fiscalização nesta sexta-feira. Foto: Divulgação - Equipes durante fiscalização nesta sexta-feira. Foto: Divulgação
Ação foi realizada contra o furto de fios. Foto: Divulgação
Ação foi realizada contra o furto de fios. Foto: Divulgação

A Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos), a Guarda Civil Metropolitana, fiscais da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), da Sefim (Secretaria Municipal De Finanças E Planejamento) e da Vigilância Sanitária realizaram nesta sexta-feira (26) operação conjunta contra furto de fios em Campo Grande, crime que tem lesado moradores e empresários. Um bar foi lacrado e dois suspeitos de roubo presos.

Ao todo, as equipes vistoriaram seis pontos indicados como possíveis locais de comercialização, receptação e queima dos materiais subtraídos, com base em informações da Sedes (Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social. Ao todo, as equipes estiveram no Bar da Loira, em um Barracão na Avenida das Bandeiras, em dois ferros-velhos e dois terrenos baldios usados por moradores em situação de rua. 

O bar da loira foi lacrado e expedido intimação Alvará Vencido, pelo fiscal. Foram abordadas 22 pessoas, sendo que todos foram checadas, porém todas sem alteração. Durante a operação dois suspeitos do roubo de celular foram presos a partir de denúncia de um morador. No entanto, no que diz respeito aos furtos de fio, nada de ilegal foi encontrado. Ainda conforme apurado, as investigações continuam a fim de coibir tal prática.

Guardas durante vistoria a moradores de rua. Foto: Divulgação
Guardas durante vistoria a moradores de rua. Foto: Divulgação
Jornal Midiamax