Polícia

Mulher é multada por envenenar árvore da espécie Oiti em frente de casa

Uma agente comunitária de 50 anos foi multada pela PMA (Polícia Militar Ambiental), em Aquidauana, a 139 quilômetros de Campo Grande, por suspeita de envenenar uma árvore na frente de sua residência, na região do bairro Serraria. Neste sábado (27), os policiais estiveram no local e constataram que, usando um arco de pua, a mulher […]

Renan Nucci Publicado em 28/02/2021, às 09h05

Árvore estava com galhos secos por envenenamento. Foto: Divulgação
Árvore estava com galhos secos por envenenamento. Foto: Divulgação - Árvore estava com galhos secos por envenenamento. Foto: Divulgação

Uma agente comunitária de 50 anos foi multada pela PMA (Polícia Militar Ambiental), em Aquidauana, a 139 quilômetros de Campo Grande, por suspeita de envenenar uma árvore na frente de sua residência, na região do bairro Serraria.

Neste sábado (27), os policiais estiveram no local e constataram que, usando um arco de pua, a mulher fez buracos no tronco de um exemplar de oiti, injetando veneno no caule, a fim de promover a secagem e morte da árvore. Parte já se encontrava com galhos e folhas em fase de secagem. 

A árvore também havia sido podada e a suspeita apresentou a licença ambiental para poda, datada do ano de 2020. Ela foi multada em R$ 300 e responderá por crime ambiental de maltratar árvores pertencentes ao logradouro público.

Jornal Midiamax