Mortos na BR-163 eram usuários de drogas e polícia suspeita de mais de um autor

Testemunhas contaram à Polícia que eles costumam ingerir bebidas alcoólicas

Os dois homens encontrados mortos com perfurações de faca no pescoço na , em , a 229 km da Capital, na manhã desta quinta-feira (21), foram mortos devido ao consumo de drogas. As investigações preliminares apontam que eles, possivelmente, não foram mortos pela mesma pessoa.

Conforme informações obtidas pelo Jornal Midiamax, Cosmo José dos Santos e Tercílio Antunes eram conhecidos na região pelo consumo de drogas. Além disso, as investigações não apontam que eles tenham esfaqueado um ao outro.

Contudo, a ainda precisa investigar a participação de mais pessoas no crime, uma vez que trabalha com a hipótese dos assassinatos terem sido cometidos por mais de uma pessoa.

Encontramos em estrada lateral da

As vítimas foram encontradas na estrada de terra lateral a BR-163, na saída para Caarapó. Eles estavam à beira da estrada sendo que um deles estava de moletom, short e chinelos e tinha ferimentos de faca no pescoço. Já a outra vítima estava sem camisa, apenas de short e com perfurações de faca no pescoço e peito.

Testemunhas contaram à polícia que os dois costumavam beber em uma casa, onde um deles morava em uma viela, sendo que a dupla ficou ingerindo bebidas alcóolicas até a 1 hora da madrugada com outra pessoa.

Mortos na BR-163 eram usuários de drogas e polícia suspeita de mais de um autor
Mais notícias