Polícia

Membro de facção rival ao PCC é espancado em cela de presídio de Campo Grande

Nesta terça-feira (2), detendo de 24 anos foi alvo de agressões por outros três presos, no Presídio de Regime Fechado da Gameleira. O crime teria ocorrido por ele integrar facção criminosa rival ao PCC (Primeiro Comando da Capital). Segundo o registro, o preso cumpre pena por tráfico de drogas e, após o almoço, discutiu com […]

Renata Portela Publicado em 02/03/2021, às 18h28

Presídio da Gameleira, em Campo Grande | Foto ilustrativa | Leonardo França | Midiamax
Presídio da Gameleira, em Campo Grande | Foto ilustrativa | Leonardo França | Midiamax - Presídio da Gameleira, em Campo Grande | Foto ilustrativa | Leonardo França | Midiamax

Nesta terça-feira (2), detendo de 24 anos foi alvo de agressões por outros três presos, no Presídio de Regime Fechado da Gameleira. O crime teria ocorrido por ele integrar facção criminosa rival ao PCC (Primeiro Comando da Capital).

Segundo o registro, o preso cumpre pena por tráfico de drogas e, após o almoço, discutiu com outro detento, de 30 anos. Ele teria dito que o preso pertence à facção FDN (Família do Norte), rival ao PCC, facção dominante naquela unidade.

Após a briga, o preso foi agredido na cela, surpreendido por um golpe mata leão, depois atingido com um ‘chucho’ na cabeça e ainda teve uma toalha amarrada ao pescoço. Como o detento se debateu e chutou a grade, os agentes penitenciários perceberam a movimentação e socorreram o preso.

Ele foi atendido por médico na unidade e o caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol como lesão corporal dolosa.

Jornal Midiamax