Polícia

Ladrão tomou banho na casa da vítima, deixou chinelo lá e foi preso

Homem de 27 anos foi preso pela Polícia Civil de Iguatemi, a 466 quilômetros de Campo Grande, depois de furtar uma residência, de onde levou celular, cartão de crédito e outros objetos de valor. Na ação, ele chegou a tomar banho na casa da vítima e deixou o chinelo por lá. Um comparsa de 23 […]

Renan Nucci Publicado em 04/02/2021, às 14h52

Casa onde objetos furtados foram recuperados. Foto: Divulgação
Casa onde objetos furtados foram recuperados. Foto: Divulgação - Casa onde objetos furtados foram recuperados. Foto: Divulgação

Homem de 27 anos foi preso pela Polícia Civil de Iguatemi, a 466 quilômetros de Campo Grande, depois de furtar uma residência, de onde levou celular, cartão de crédito e outros objetos de valor. Na ação, ele chegou a tomar banho na casa da vítima e deixou o chinelo por lá. Um comparsa de 23 anos foi preso por tráfico.

Conforme apurado, ambos foram localizados na Vila Operária. A vítima foi à Delegacia de Polícia da cidade e relatou que enquanto estava no trabalho, um bandido invadiu sua casa, furtou objetos,  como um par de chinelos, tomou banho e foi embora. A equipe então iniciou investigações e conseguiu localizar o suspeito.

Com ele foi encontrado o chinelo da vítima. Ou seja, após tomar banho, ele deixou seu calçado no local porque fugiu com o do morador. Por este motivo, acabou preso em flagrante. Questionado sobre o celular, alegou ter trocado o aparelho por três pedras de crack em uma boca de fumo nas proximidades, para onde a equipe foi.

Neste local estava o traficante do lado de fora, com o celular furtado no bolso. Dentro da casa dele havia uma adolescente, que confessou que junto com o morador, vendia drogas. Com ela, inclusive, foi encontrada grande porção de crack. Diante dos fatos, os dois homens foram presos, cada um com seu envolvimento.

Jornal Midiamax