Polícia

Jovem que sumiu ao coletar iscas é encontrado, recusa ajuda e ameaça pescador

O jovem de 21 anos que desapareceu após sair para coletar iscas de pesca no final da noite da última terça-feira (23), em Corumbá, a 425 quilômetros de Campo Grande, foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros na sexta-feira (26), no entanto, recusou ajuda. O rapaz chegou a ameaçar o pescador que auxiliava nas buscas e […]

Renan Nucci Publicado em 27/03/2021, às 09h54 - Atualizado em 28/03/2021, às 10h23

Bombeiros e pescadores que se mobilizaram na busca pelo rapaz. Foto: Divulgação
Bombeiros e pescadores que se mobilizaram na busca pelo rapaz. Foto: Divulgação - Bombeiros e pescadores que se mobilizaram na busca pelo rapaz. Foto: Divulgação

O jovem de 21 anos que desapareceu após sair para coletar iscas de pesca no final da noite da última terça-feira (23), em Corumbá, a 425 quilômetros de Campo Grande, foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros na sexta-feira (26), no entanto, recusou ajuda. O rapaz chegou a ameaçar o pescador que auxiliava nas buscas e se aproximou dele.

Conforme registrado, familiares acionaram o resgate informando que na data do sumiço, o rapaz saiu de casa e foi procurar iscas na região do Abobral, no Pantanal da Nhecolândia. As equipes deram início às buscas com barcos e chegaram a usar um drone para mapeamento de uma área de três quilômetros no local onde o rapaz poderia estar.

Contudo, ele não foi encontrado neste primeiro momento. Porém, pescadores informaram terem visto o jovem em um acampamento da região, onde jantou e depois saiu ‘sem rumo’. Os bombeiros pediram ajuda a dois barcos de pescadores e continuaram com o trabalho, até que encontraram o rapaz. Houve tentativa de abordagem, mas ele correu para o mato.

Um dos pescadores foi atrás, para saber o que estava acontecendo, e conseguiu encontrá-lo. Porém, o jovem pegou uma faca e ameaçou o pescador, afirmando que não precisava da ajuda de ninguém. Foi então descoberto que ele cumpre pena alternativa e por isso teme ser abordado. Como ele não estava ferido e recusou o resgate, os bombeiros voltaram ao quartel.

Jornal Midiamax