Polícia

Idoso morre após cair de barranco e bater cabeça em pedras em cidade de MS

Homem de 61 anos morreu depois de cair de uma altura de três metros e bater a cabeça em pedras às margens do rio Estrelinha, na zona rural de Antônio João, município localizado na fronteira com o Paraguai, a 402 quilômetros de Campo Grande. Os fatos teriam ocorrido entre a noite de sexta-feira e a […]

Renan Nucci Publicado em 28/02/2021, às 08h13 - Atualizado em 01/03/2021, às 08h09

Delegacia de Polícia Civil de Antônio João. Foto: Sudoeste MS News
Delegacia de Polícia Civil de Antônio João. Foto: Sudoeste MS News - Delegacia de Polícia Civil de Antônio João. Foto: Sudoeste MS News

Homem de 61 anos morreu depois de cair de uma altura de três metros e bater a cabeça em pedras às margens do rio Estrelinha, na zona rural de Antônio João, município localizado na fronteira com o Paraguai, a 402 quilômetros de Campo Grande. Os fatos teriam ocorrido entre a noite de sexta-feira e a manhã de sábado (27).

Conforme boletim de ocorrência, João Gomes havia desaparecido na sexta-feira, na região da aldeia indígena Marangatu. Uma testemunha então passou a procurá-lo, encontrando o corpo já no sábado de manhã, em uma área de difícil acesso em meio ao mato. A suspeita é de que a vítima, durante a noite, não tenha percebido o barranco na beira do rio.

Neste sentido, teria caído de uma altura de três metros, batendo nas pedras. Equipes da Polícia Civil e perícia estiveram no local colhendo informações que possam auxiliar no esclarecimento dos fatos. Apesar da suspeita de queda, outras possibilidades ainda não foram descartadas. O caso vem sendo tratado pela polícia como morte a esclarecer.

Jornal Midiamax