Polícia

Idoso atropelado ao fazer caminhada morre na Santa Casa de Campo Grande

João Gonçalves Madruga de 69 aos morreu quatro horas depois de ser socorrido e levado para a Santa Casa de Campo Grande após ser atropelado quando fazia caminhada, nesta terça-feira (30), na Avenida Noroeste, na Vila Carlota. O idoso foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros dando entrada no hospital às 17h33. Segundo a assessoria do […]

Thatiana Melo Publicado em 31/03/2021, às 09h17 - Atualizado às 12h24

Santa Casa de Campo Grande. (Foto: Divulgação)
Santa Casa de Campo Grande. (Foto: Divulgação) - Santa Casa de Campo Grande. (Foto: Divulgação)

João Gonçalves Madruga de 69 aos morreu quatro horas depois de ser socorrido e levado para a Santa Casa de Campo Grande após ser atropelado quando fazia caminhada, nesta terça-feira (30), na Avenida Noroeste, na Vila Carlota.

O idoso foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros dando entrada no hospital às 17h33. Segundo a assessoria do hospital, o paciente permaneceu na área vermelha do pronto-socorro, sendo sedado e intubado. O idoso foi avaliado pela equipe da neurocirurgia devido traumatismo gravíssimo.

Durante a internação evoluiu para cardiorrespiratória, sem sucesso ao protocolo de reversão do quadro. Óbito constatado no mesmo dia da admissão, mas às 22h50 da noite de terça (30).

O atropelamento quando o idoso havia saído para caminhar sendo que ao passar pela faixa de pedestres da avenida acabou sendo atropelado por um motorista de 66 anos, que disse que um outro veículo grande tampou a sua visão e quando percebeu uma pessoa ‘trotando’ na faixa não deu tempo de evitar ao acidente.

O capô e o parabrisa do carro do motorista ficaram danificados com o acidente. O Corpo de Bombeiros foi acionado e socorreu a vítima para a Santa Casa, onde está internada na ala vermelha e intubada em estado grave.

Jornal Midiamax