Polícia

Homem derruba árvore durante orientação da PMA e é multado em R$ 6 mil

Área em que árvore é protegida por lei

Fábio Oruê Publicado em 08/04/2021, às 15h36

Motosserra usava para derrubar as árvores
Motosserra usava para derrubar as árvores - Foto: PMA/ Divulgação

Um homem de 25 anos foi flagrado pela PMA (Polícia Militar Ambiental) derrubando uma árvore em área protegida, em Naviraí, na quarta-feira (7). Barulho da motosserra denunciou o infrator, que pode ser condenado a três anos de prisão. 

Segundo a corporação, os policiais de Naviraí realizavam orientações sobre incêndios nos trabalhos informativos da operação Prolepse, de prevenção e combate aos incêndios, com distribuição de “folders” e orientando os moradores rurais sobre os problemas dos incêndios. Durante os trabalhos no Assentamento Juncal, no município, ouviram barulho de motosserra na área de reserva legal coletiva do Assentamento.

A equipe seguiu o barulho e localizou o homem se beneficiando madeira de árvores que ele havia derrubado. No local foram encontradas diversas árvores derrubadas e algumas toras, que foram apreendidas, junto com a motosserra. O infrator informou aos policias que não havia derrubado todas as árvores e que outras pessoas também exploravam madeira na reserva.

O homem, que mora no assentamento, foi autuado administrativamente e multado em R$ 6 mil, por exploração de madeira ilegalmente em área protegida por lei. Ele também responderá por crime ambiental, com pena prevista de um a três anos de reclusão.

Jornal Midiamax