Grávida e marido traficante que operava a serviço do PCC são presos em boca de fumo

Um caderno com nomes de membros da facção foi encontrado na casa

Foram presos em Coxim, a 253 quilômetros de Campo Grande, uma grávida de 9 meses e seu marido traficante conhecido como ‘Murin’ em uma boca de fumo que operava a serviço da facção criminosa (Primeiro Comando da Capital). Na casa, um caderno com nomes de membros da facção foi encontrado pela polícia.

A prisão aconteceu na última segunda-feira (11), mas só foi divulgada nesta terça-feira (12). Segundo o site Edição de Notícias, os investigadores encontraram porção de maconha e paradinha de de cocaína. Antes de chegar a casa, os policiais abordaram um usuário que acabou confessando que tinha comprado droga com o casal.

O casal operava a serviço de facção criminosa e vários depósitos bancários, em nomes diversos, foram encontrados na residência, assim como comprovantes indicando que excederam o número diário de depósitos.

A polícia localizou ainda um caderno com anotações e referências a três codinomes de integrantes da facção. Foram apreendidos R$ 670,00, que seria da comercialização de drogas e apreendidos diversos celulares.

Grávida e marido traficante que operava a serviço do PCC são presos em boca de fumo
Mais notícias