Grávida de 8 meses é agredida com socos e açoitada pelo marido

Vítima disse que homem teve um ataque de fúria

Uma grávida de 8 meses, de 21 anos, foi espancada pelo marido de 30 anos, na manhã deste domingo (21), na cidade de Três Lagoas a 338 quilômetros de Campo Grande. Não seria a primeira vez que a vítima foi agredida.

O espancamento aconteceu por volta das 6 horas da manhã deste domingo (21), quando em um ataque de fúria, o homem agrediu a esposa com vários socos e depois passou a açoitá-la com uma corda de naylon deixando várias marcas nas suas costas.

Ela disse aos policiais que o marido seria usuário de drogas e tem muito ciúmes dela, e que neste domingo teria tido um ataque a agredido. Ela ainda contou que não era a primeira vez que era espancada e que nunca havia denunciado por medo. A mulher pediu por medidas protetivas.

Não se cale, denuncie!

Existem dois números para contato: 180, que garante o anonimato de quem liga, e o 190. Importante lembrar que a Central de Atendimento à Mulher – 180 -, é um canal de atendimento telefônico, com foco no acolhimento, na orientação e no encaminhamento para os diversos serviços da rede de enfrentamento à violência contra as mulheres em todo o Brasil, mas não serve para emergências.

As ligações para o número 180 podem ser feitas por telefone móvel ou fixo, particular ou público. O serviço funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana, inclusive durante os finais de semana e feriados, já que a violência contra a mulher no Brasil é um problema sério no país.

Grávida de 8 meses é agredida com socos e açoitada pelo marido
Mais notícias