Filmado mostrando órgão genital no Lageado deve responder por ato obsceno

Ele foi denunciado à polícia

Após ser importunada pelo motorista de um Gol vermelho na manhã de terça-feira (12) quando voltava de caminhada, no Lageado, a vítima conseguiu registrar boletim de ocorrência. Ainda muito abalada com a situação, a mulher de 38 anos afirma não querer ver outras passarem pelo mesmo.

Na manhã desta quarta-feira (13), a vítima conseguiu procurar a (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), onde foi feito o registro do caso. Ela apresentou à polícia os vídeos que conseguiu fazer do autor, em que também é exibido o carro em que ele está, um Gol vermelho.

O caso passa a ser investigado como ato obsceno e o suspeito, se localizado, deve ser intimado para prestar esclarecimentos.

Relembre o crime

Segundo a vítima, ela mora no bairro há 6 anos e nunca passou por algo semelhante. Na manhã de terça-feira quando voltava da caminhada, percebeu o motorista do Gol vermelho passar por ela algumas vezes. “Ele passou três vezes e na quarta vez jogou o carro pra cima de mim”, disse.

A vítima estava conversando com uma amiga no e ao perceber o suspeito decidiu começar a filmar. “Pega meu número”, disse o homem. A vítima afirmou que estava com medo e sozinha na rua. “Falei que sou casada e perguntei se ele sabia que aquilo era assédio. Quando vi, ele já estava se tocando”, contou.

Também conforme a vítima, o suspeito chegou a descer do veículo ao perceber que ela filmava a ação. “Quando ele viu que eu estava filmando, ele saiu do carro. Eu corri com o celular na mão”, disse a vítima. Em determinado momento, um rapaz apareceu, com uma criança pequena. Ao ver a testemunha, o suspeito voltou para o carro e fugiu, dando ré.

Ao Midiamax, a vítima contou que já foi vítima de assédio quando criança e que ficou bastante abalada com a situação.

Confira o vídeo

Filmado mostrando órgão genital no Lageado deve responder por ato obsceno
Mais notícias