Ferido em troca de tiros entre a polícia e ‘Bonitão’ do PCC está em estado grave no hospital

A vítima que estava passando no momento da troca de tiros foi atingida na coluna por um dos tiros

A vítima que foi atingida por um tiro nas costas durante uma troca de tiros entre policiais paraguaios e membros do (Primeiro Comando da Capital), na madrugada de domingo (10) está em estado grave na (Unidade de Terapia Intensiva), do hospital de Pedro Juan Caballero.

Segundo informações do site Amambay Ahora, o homem foi atingido na região lombar ficando paraplégico. A vítima acabou ferida quando policiais trocavam tiros com membros do , que tentavam resgatar da cadeia, Giovanni Barboza da Silva, o ‘Bonitão’.

‘Bonitão’ acabou sendo expulso do Paraguai pelo presidente Mario Abdo que solicitou a sua expulsão. Ele foi levado até Ciudad del Este neste domingo (10), onde foi feita a expulsão pela Ponte da Amizade.

Na madrugada de domingo (10), momentos após a prisão da liderança do PCCgrupo fortemente armado com fuzis teria invadido o departamento de investigação onde ele estava. Um policial paraguaio chegou a ser feito refém e houve troca de tiros, mas a tentativa de resgate foi frustrada.

Durante a prisão de ‘Bonitão’ que estava a bordo de uma caminhonete, um fuzil da marca MOE, modelo FN15, série FNCR 001854, origem EUA, calibre 5.56 / .223, com dois carregadores e dois celulares iPhone foi apreendido com ele.

De acordo com o promotor Lorenzo Lezcano, encarregado do caso, o narcotraficante possui um mandado de prisão preventiva no Brasil por crimes de tráfico de drogas, tráfico e promoção de armas, constituição, financiamento e integração de organização criminosa. Ele também é conhecido pelo codinome ‘Coringa’.

Ferido em troca de tiros entre a polícia e ‘Bonitão’ do PCC está em estado grave no hospital
Mais notícias