Polícia

‘Estou louco para fazer sexo’, diz cunhado ao tentar estuprar jovem em Campo Grande

Após tentar estuprar a cunhada no bairro Aero Rancho, em Campo Grande, um homem de 25 anos tentou na Justiça a absolvição para o crime, que aconteceu em outubro de 2016. O pedido foi negado nesta quarta-feira (10). A defesa do homem tentou o recurso depois de sua condenação para que ele fosse absolvido ou […]

Thatiana Melo Publicado em 10/03/2021, às 10h45 - Atualizado às 11h34

(Ilustrativa)
(Ilustrativa) - (Ilustrativa)

Após tentar estuprar a cunhada no bairro Aero Rancho, em Campo Grande, um homem de 25 anos tentou na Justiça a absolvição para o crime, que aconteceu em outubro de 2016. O pedido foi negado nesta quarta-feira (10).

A defesa do homem tentou o recurso depois de sua condenação para que ele fosse absolvido ou que o crime tivesse a desclassificação de estupro sendo ele processado por importunação sexual, o que foi negado tendo a decisão sido publicada no Diário da Justiça desta quarta (10).

O crime aconteceu no dia 3 de outubro de 2016 quando a vítima que tinha 23 anos e estava deitada em um colchão da residência do autor, quando o ele chegou e passou a falar que estava ‘louco para fazer sexo’. Em seguida, o homem se deitou em cima da cunhada e segurou seus punhos.

Enquanto segurava a vítima pelos braços, ele ainda tentava beijá-la a força. A cunhada conseguiu empurrar o homem e fugir do local. Ela registrou um boletim de ocorrência contra o homem, que foi condenado a 4 anos, 2 meses e 12 dias de prisão, mas ainda não foi preso já que não foi localizado sendo expedido pela Justiça mandado de intimação de sentença.

Jornal Midiamax