Polícia

Empresário é multado em R$ 5 mil por derrubar vegetação de matas ciliares do rio Aquidauana

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou um empresário em R$ 5 mil por derrubar vegetação de matas ciliares do Rio Aquidauana. Policiais ambientais realizavam fiscalização nas propriedades rurais do município e, em uma fazenda localizada a 60 km da cidade, localizaram um trator arando a terra em uma área de pastagem e arbustos. Por suspeitar […]

Diego Alves Publicado em 25/03/2021, às 21h33

PMA
PMA - PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou um empresário em R$ 5 mil por derrubar vegetação de matas ciliares do Rio Aquidauana. Policiais ambientais realizavam fiscalização nas propriedades rurais do município e, em uma fazenda localizada a 60 km da cidade, localizaram um trator arando a terra em uma área de pastagem e arbustos.

Por suspeitar que estava muito próximo do rio Aquidauana, a equipe mediu a distância da atividade e verificou que estava dentro da área que deveria ter sido preservada como matas ciliares (área de preservação permanente – APP). A atividade estava a 75 metros do curso d’água, em local que deveriam ter sido preservados 100 metros.

O proprietário da fazenda 57 anos, um empresário residente em Campo Grande, foi autuado administrativamente e recebeu multa de R$ 5 mil. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção. O autuado ainda foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental estadual um plano de recuperação da área degradada e alterada (PRADA).

Jornal Midiamax